terça-feira, 26 de janeiro de 2010

16º Transparaná - 2010

Irmãos Bezerra venceram cinco das seis etapas disputadas em três dias de raid

O 16º Tranparaná está cruzando o estado nesta semana. Na segunda, 76 carros largaram de Guaira, com destino à Piraquara. Na categoria master, a principal da prova, largaram 27 carros, na Sênior 18, na Jeep 3 e na Junior 15. Completando os 76 que largaram, estão as 13 duplas iniciantes que participam da prova na Turismo, categoria própria para iniciantes, que será guiada pelos organizadores da competição.

Dia 25/01 - Segunda
Na manhã de segunda, os competidores seguiram de Guaíra em direção à Cascavel, onde terminaram à noite o primeiro dia de prova, completando duas, do total de 10 etapas. Devido à chuvas na região, a organização cortou trechos e o percurso total do Transparaná caiu para 1370 quilômetros.

As duas primeiras etapas do maior raid do Brasil somaram aproximadamente 248 quilômetros, com o tempo total de quase 8 horas de prova, entre trilhas, deslocamentos e neutros.

O almoço foi em Marechal Cândido Rondon, por volta do meio-dia. À tarde, depois de uma parada em Toledo, a disputa seguiu até Cascavel.

Após o primeiro dia de disputa, a dupla formada pelo piloto curitibano Rone Branco e pelo navegador blumenauense Edson João da Costa, do carro 11, ficou com a liderança da master. O piloto ponta-grossense Marcos J. Alves Bezerra e o navegador castrense Antonio A. Bezerra Neto, do carro 8, terminaram o primeiro dia de disputa em primeiro lugar da categoria Sênior. Já na categoria Junior, quem levou a melhor foi a dupla de Chapecó/SC, do piloto Adir Dagostin e do navegador Marcio Renato Eurich, do carro 94. A dupla curitibana formada pelo pai Marcos Osiris Nunes (piloto) e pelo filho Marcos Vinicius Nunes (navegador), do carro 117, ocupa a primeira posição da categoria Jeep.

Marcos Osiris Nunes e Marcos Vinicius Nunes

Equipe Magnett Racing - 1º dia de prova

Adir Dagostin e Marcio Renato Eurich

Dia 26/01 - Terça
Mais duas etapas do Transparaná foram completadas na terça-feira, 26/01, após aproximadamente 7h30min de deslocamento e cerca de 260 quilômetros no trajeto de Cascavel à Campo Mourão. Depois da parada em Ubiratã para abastecimento e almoço, os competidores chegaram à Campo Mourão por voltas das 15h30min, finalizando o segundo dia de prova e a quarta de dez etapas do raid.

Após dois dias, a liderança da categoria Sênior se mantém nas mãos do piloto Marcos J. Alves Bezerra (Ponta Grossa/PR) e navegador Antonio A. Bezerra Neto (Castro/PR).

O carro 2, da dupla de Apucarana foi a primeira a chegar na Praça São José, em Campo Mourão

Dupla do interior, do carro 8, lidera a categoria Sênior

Dupla paulista do carro 49 ocupa a segunda posição da Sênior

Paranaenses da capital, do carro 56, estão em terceiro na categoria

Dupla de Curitiba ganha duas posições no segundo dia de Transparaná

Dia 27/01
- Quarta
O Terceiro dia de prova do Transparaná foi até Guarapuava. Na master, a principal categoria da prova, a liderança permanece nas mãos do piloto Rone Branco, de Curitiba/PR, e do navegador Edson João da Costa, de Blumenau/SC.

Desde o primeiro dia de Transparaná, a dupla Marcos Bezerra, de Ponta Grossa, e navegador Antônio Bezerra Neto, de Castro, lidera o maior raid do Brasil na categoria Sênior. Depois dos resultados da sexta etapa, divulgados pelo Jeep Clube de Curitiba na noite de quarta-feira (27), dupla do interior assumiu a liderança também da classificação geral da prova, com a queda da dupla Rone Branco e Edson de Castro, da master.

Carro 49 - Dupla paulista manteve a segunda posição na Sênior

Carro 56 - Curitibanos vem em terceiro lugar na categoria

Carro 30 – Dupla dos catarinenses Anacleto Ferrari e Arnaldo Ferrari assumiu liderança da master após a sexta etapa

Carro 17 – Mineiros mantêm segunda posição no terceiro dia de raid

Carro 29 – Dupla de pai e filha de São Bento do Sul/SC assumiu a terceira posição na categoria

Piloto Marcos V. Cardoso de Paula (Apucarana/PR) e navegador Enedir Silva Junior (Chapecó/SC), da categoria master

Piloto Olair Fagundes (Coxim/MS) e navegador Robson Bhur (Cuiabá/MT), categoria master

Piloto C. A. Vissoni (Porto Alegre/RS) e navegador Felipe Vissoni (Porto Alegre), categoria Jeep

Rone Branco e Edson da Costa, do carro 11, lideram categoria master

Dupla mineira, do carro 17, ocupa a segunda posição

Dupla de Curitiba de pai e filho, do carro 117, lideram com folga categoria Jeep

Paranaenses de Foz do Iguaçu, do carro 115, ocupam a segunda posição

Gaúchos do carro 119 estão em terceiro lugar na categoria

Dupla chapecoense, do carro 94, lidera o Transparaná na categoria Junior

Equipe catarinense de Joinville, do carro 118, está na segunda posição da Junior

Paranaenses de Apucarana, do carro 99, estão na terceira posição da categoria

Dia 28/01 - Quinta
Após muita chuva e barro, o penúltimo dia do Transparaná chegou até Ponta Grossa. Estas foram as etapas mais longas do Transparaná 2010, com cerca de 290 quilômetros percorridos em aproximadamente 9:30h, cumprindo a sétima e oitava etapa.

Carro 15 – A visão externa das adversidades vividas pelo navegador Ronald do interior do carro da Niteroi Rally Team, categoria master

Carro 94 – Dupla chapecoense do piloto Adir Dagostin e do navegador Marcio Renato Eurich, da categoria Junior

Carro 115 de Foz do Iguaçu, do piloto João A. Szatkoski e navegador Alberto Vicente Szatkoski, da categoria Jeep

Carro 56 – Dupla de Curitiba do piloto Juvenil Sampaio e navegador Igor Ratkoski, da categoria Senior

Dia 29/01 - Sexta
Depois de cinco dias de prova, chegou ao fim na sexta-feira (29) o Transparaná 2010. A chegada foi em Piraquara, na região metropolitana, por volta de 15h45min, na Av. Getúlio Vargas, 741. A chegada do Transparaná em Piraquara faz parte das comemorações dos 120 anos do município.

Carro 27 - Edson Magnett e Leandro Ferreira

Nas trilhas, os curitibanos Gilberto Lunardon (piloto) e Juan L. Lunardon (navegador), do carro 92, da categoria Junior

O piloto Olair Fagundes, de CoximMS, e o navegador Robson Bhur, de CuiabáMT, formam a dupla do carro 19, da categoria master

Os catarinenses de Jaraguá do Sul, do carro 18, do piloto Humberto Lehmann e do navegador Danilo Otavio Wolf Stange, da categoria Master

O Transparaná 2010 foi vencido pela dupla paranaense Marcos J. Alves Bezerra, piloto de Ponta Grossa, e Antonio A. Bezerra Neto, navegador de Castro. Além do primeiro lugar na categoria em que competiram, a Sênior, a dupla dos irmãos Bezerra foi campeã na classificação geral da competição e de quebra ainda ficaram com o titulo da categoria marcas Troller.

O trajeto total foi de aproximadamente 1,4 mil quilômetros percorridos por caminhos históricos do Paraná, em trilhas antes usadas por desbravadores, tropeiros, colonizadores, índios e jesuítas.

CLASSIFICAÇÃO FINAL TRANSPARANÁ 2010

Classificação Geral:

Carro/Piloto/Navegador/Modelo/Categoria/Ptos
08/Marcos J. Alves Bezerra/ Antonio A. Bezerra Neto /Troller/Senior/4262
30/Anacleto Ferrari /Arnaldo Ferrari /Pajerinho /Master /4345
17/Fernando Lage/Rafael Dal Bello /Troller /Master/4626
02/Otávio Enz /Allan Enz /Troller /Master /5013
29/Acyr A. Becker /Fernanda Becker /Troller/Master/5193

Em 2011, Transparaná larga de Guaira pela 11ª vez, à convite do Prefeito de Guaira, Manoel Kuba

FOTOS: MARY DEROSSO/Divulgação

segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

Dia Nacional do Fusca 2010 - Fotos

A longa fila que se formou no acesso ao evento

Mais uma vez, surpreendente! O Encontro do Dia Nacional do Fusca foi um sucesso. A previsão era a de cerca de 300 carros no evento, mas esta marca foi superada antes das 8:00h da manhã. Compareceram quase 1000 Fuscas, Kombis, Karmann-ghias, SP-2 e outros derivados e movidos a ar, que enfrentaram uma grande fila no acesso ao espaço aonde foi realizado o encontro, no entorno da Praça Nossa Senhora de Salete, no Centro Cívico. Muitas raridades estiveram presentes, além de participantes de diversas cidades do Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Bahia, São Paulo e Minas Gerais. Quem procurava um carro, peças, revistas e miniaturas para comprar, também pode procurar um bom negócio. Um estilo que se destacou no evento foi o RatLook, que consiste em deixar a aparência dos carros o mais desgastada e enferrujada possível. Veja como foi o evento:

Google+ Followers