quarta-feira, 18 de agosto de 2010

4ª Etapa do Campeonato Brasileiro de Arrancada - Cobertura completa

Com 220 carros competindo, a quarta etapa do Campeonato Brasileiro de Arrancada foi um show, presenciado por mais de 20mil pessoas.


Realizado no último fim de semana, 14 e 15 de agosto, no Autódromo Internacional de Curitiba, a etapa teve 10 quebras de record. As máquinas foram divididas em 16 categorias, de acordo com o regulamento da Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA). Um dos motivos do grande número de quebras de record, foi o tempo frio, que contribuiu para um melhor rendimento dos motores. Outro, foi o preparo que a pista recebeu, garantindo melhor aderência.

Novos recordes
Na Dragster Light 6cc, o paulista Valtinho Costa fez os 402 metros em 6s902, atingiu a incrível velocidade de 322 km/h, e conseguiu ser o primeiro piloto da categoria a entrar na casa dos 6s. Na Pro Mod, Luiz Ribeiro/SP, fez em 8s470.

Já na Força Livre Traseira, o novo recorde foi do mineiro Gleison Moreira com 9s398. Na Turbo A, Ricardo de Paula/SP fez o trecho em 9s788. Na Traseira Super o novo recordista é o mineiro Gustavo Castanon que fez os 402 metros em 9s811.

Na Traseira Original, Raul Correa, do estado do Paraná, andou em 11s038. Na categoria Turbo B, Paulo Dauricio/SP andou os 402 metros em 11s362. Na Turbo C, Fabricio Coppini/SP fez em 11s830. Na Dianteira Original, o recorde foi de Artur Telles/MA com 12s094 e na Standard, o paranaense Jeferson Gorgen registrou 12s996.

Outro destaque do evento, que também contou pontos para a 4ª etapa do Paranaense de Arrancada, foi o piloto Alejandro Sanchez, com seu dragster de 3.600 cavalos de potência. Ele acelerou forte, percorreu os 402 metros em 6s016 com velocidade final de 366 km/h e foi o mais rápido da competição, levantando o público de 20 mil pessoas da arquibancada.

Em paralelo, aconteceu a 2ª Etapa Curitiba de Som Automotivo, em uma área ao lado da arquibancada criada especialmente para os apaixonados por som, e contou com a campanha “A arrancada está no sangue. Quem ama, doa”. Durante o domingo um ônibus da Hemepar recebeu doações de sangue de pessoas que estiveram no Autódromo. Finalizando o evento, houve um show de manobras radicais.

Confira algumas fotos da etapa, clicadas por André L.P.:
Desafio 201m e Motovelocidade
No próximo fim de semana (21 e 22 de agosto), o Autódromo de Curitiba recebe uma etapa do Campeonato Brasileiro de Motovelocidade, junto com o Paranaense, e mais uma edição do Desafio 201 metros, que permite que motoristas comuns acelerem com segurança em uma pista oficial. A inscrição antecipada para o Desafio custa R$ 60,00 e na hora R$ 80,00. O ingresso será R$ 10,00 com acesso aos boxes.

0 comente:

Postar um comentário

Comentários com fins publicitários devem ser enviados para o nosso e-mail de contato.

Google+ Followers