quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Copa Pinhais: Etapa definiu dois campeões

No último domingo foram definidos dois campeões, no Autódromo Internacional de Curitiba, com a realização da sétima etapa da Copa Pinhais de Marcas e Pilotos, sexta etapa da Stock 5000 e segunda etapa do Brasileiro de Marcas. Alexandre Frankemberger/Felipe Tozzo venceu a etapa na Marcas “A”, Amauri Lisboa Jr e Lorenzo Finardi (Campeões) na Marcas “B”, Marcos Ramos (Campeão) na Marcas Sênior, Armin Kliewer na Stock 5000 “A” e Marcos Chueda na Stock 5000 “B”.

Copa Pinhais

A etapa de sábado da Copa Pinhais, teve grid compartilhado com o Brasileiro de Marcas. Na largada, a dupla catarinense Felipe Tozzo manteve a liderança da prova, e passou a travar bela disputa com Marcos Ramos e Valmor Emílio pela primeira posição. Na oitava volta, Valmor Emílio ultrapassou Marcos Ramos, assumindo o segundo lugar, seguido de perto por Marcos Ramos, Marcel Sedano, Beto Cazuni e Alessandro Marchini. A prova continuou muito disputada, com os seis primeiros andando muito juntos, até a entrada do safety car, na nona volta, para reagrupar os carros.

Na relargada, que aconteceu na 10.ª volta, com Felipe Tozzo mantendo a liderança da prova, seguido de Valmor Emílio, Marcos Ramos, Marcel Sedano, Beto Cazuni e Alessandro Marchini. Na 13.ª volta, Marcel Sedano ultrapassou Valmor Emílio, assumindo a segunda posição. Ao fim de 16 voltas, a vitória na Geral foi de Felipe Tozzo, com o Gol n.º 57. Por categoria, o resultado foi o seguinte: Na Marcas A vitória de Felipe Tozzo (SC), com o tempo de prova de 30min06s125, seguido de Marcel Sedano (SC), à 4s639, e Valmor Emílio (PR), à 4s964. Na Marcas B a vitória foi de Amauri Lisboa Jr (PR), com 16 voltas em 30min27s938, tendo Davi Dal Pizzol (SC) em segundo, a 5s405, e Geovane Ciesielski (PR) em terceiro, a 10s378. Na Marcas A Sênior, venceu Beto Cazuni (PR), com o tempo de 30min11s510, em segundo Marcos Ramos (PR), a 3s401 e em terceiro Giovanni Cilia (PR), a 5s791. Brasileiro de Marcas: vitória de Felipe Lobo (SC), com tempo de 30min19s628, seguido de Pierre Sabbagh (SC), a 4s141 e Marco Romanini (PR), a 4s669. A melhor volta da prova foi de Felipe Tozzo, na 4.ª passagem, com o tempo de 1min40s546, à média de 132.298 km/h.

No domingo, com a disputa da segunda rodada da Copa Pinhais, o catarinense Alexandre Frankenberger largou na pole position, seguidos de seu conterrâneo Marcel Sedano, e dos paranaenses Valmor Emílio, Luiz Ferreira, Marcos Ramos, Alessandro Marchini, Adriano Reisdorfer, Giovanni Cilia, Felipe Lobo e Pierre Sabbagh. Na largada, os dez primeiros se mantiveram na mesma posição na primeira volta, com bons pegas pelas primeiras posições nas categorias Marcas “A”, Marcas “B”, Marcas Sênior e Brasileiro de Marcas. Na 18.ª volta, Marcel Sedano assumiu a liderança da prova, seguido de Alexandre Frankemberger, Marcos Ramos, Valmor Emílio, Adraino Reisdorfer, Sharber El Hajjar e Alessandro Marchini, posições que se mantiveram até a bandeirada final.

Ao fim de 18 voltas, a vitória na Geral foi de Marcel Sedano, com o Gol n.º 28. Por categoria, o resultado foi o seguinte: Na Marcas A vitória de Marcel Sedano (SC), com o tempo de prova de 30min27s032, seguido de Alexandre Frankenberger (SC), à 5s090, e Valmor Emílio (PR) à 6s680. Na Marcas B Lorenzo Finardi (PR), conquistou a vitória, completando as 18 voltas em 31min23s591, tendo Luiz Seidel/Rodrigo Santos (PR) em segundo, a 10s160, e Davi Dal Pizzol (SC) em terceiro, a 13s341. Na Marcas A Sênior, venceu Marcos Ramos (PR), com o tempo de 30min32s750, em segundo Luiz Ferreira (PR), a 19s761, e, em terceiro Giovanni Cilia (PR), a 38s286. E no Brasileiro de Marcas, vitória de Pierre Sabbagh (SC), com tempo de 31min06s617, seguido de Eduardo Fontana (PR), a 6s675, e, em Felipe Lobo (SC), a 13s891. A melhor volta da prova foi de Alexandre Frankenberger, na 10.ª passagem, com o tempo de 1min40s420, à média de 132.464 km/h.

Brasileiro de Marcas

A terceira prova do Brasileiro de Marcas e Pilotos foi disputada em grid separado, no domingo. Começou com Pierre Sabbagh (SC) na pole position, seguido de Eduardo Fontana (PR), Felipe Lobo (SC), Guto Baldo (PR), Luiz Pielak (PR) e Luiz Sérgio Senavargas (RS). Na prova disputada em 30 minutos, os “pegas” foram constantes por melhores posições. O catarinense Felipe Lobo abandonou por quebra com cinco voltas de prova. André Massuh Haddad (DF) abandonou com quatro voltas e Rodrigo da Silva abandonando com uma volta de corrida. Ao fim de 16 voltas, a vitória foi de Pierre Sabbagh (SC), com o tempo de prova de 30min02s793, seguido de Marco Romanini (PR), a 2s148, Eduardo Fontana (PR), a 3s138, Guto Baldo (PR), a 3s571, Luiz Senavargas (RS), a 5s500, e em sexto lugar F. Cardoso/R. Boessio (RS), a 13s477. Marco Romanini marcou a volta mais rápida da prova, na 4.ª passagem, com o tempo de 1min42s318, à média de 130.006 km/h. 

Stock 5000


As categorias Stock 5000 “A” e “B” entraram na pista no sábado com uma prova cheia de belas disputas na “briga” por melhores posições em vários pontos da pista e encerrou com bandeira vermelha por causa do acidente de José Franzoi. Ao fim de 12 voltas, a vitória na Stock 5000 “A” foi de Marco Antonio Garcia (PR), com tempo de prova de 19min54s596, seguido de Armin Kliewer (PR), a 0s504 e Joelson Capistrano (SC), a 6s694. Na Stock 5000 “B” venceu Marcos Chueda (SC), com tempo de 20min08s432, com Richard Heidrich (SC) em segundo, a 0s908, e Márcio Reuter (SC), a 1s387. Marco Antonio Garcia marcou a volta mais rápida da prova, na 3.ª passagem, com o tempo de 1min38s511, à média de 135.031 km/h.

No domingo, as categorias Stock 5000 “A” e “B” encerraram as disputas no AIC, numa prova de muita velocidade e grandes disputas na “briga” por melhores posições em diversos pontos da pista. Ao fim de 14 voltas, a vitória na Stock 5000 “A” foi de Armin Kliewer (PR), com tempo de prova de 23min16s409, seguido de Maurício Reuter (SC), a 1s816, e Marco Garcia (PR), a 7s120. Na Stock 5000 “B” venceu Marcos Chueda (PR), com tempo de 23min22s200, com Richard Heidrich (SC) em segundo, a 1s135, e Marco Garcia (PR), a 2s502. Marco Antonio Garcia marcou a volta mais rápida da prova, na 9.ª passagem, com o tempo de 1min38s089, à média de 135.612 km/h.

Classificação do Campeonato
Marcas “A”:
1.º) Alexandre Frankenberger/Felipe Tozzo (SC), 59,5 pontos;
2.º) Marcel Sedano (SC), 54,5;
3.º) Valmor Emílio (PR), 39.

Marcas “B”:
1.º) Amauri Lisboa Jr/Lorenzo Finardi (PR), 65;
2.º) Davi Dal Pizzol (SC), 43,5;
3.º) Luiz Seidel/Rodrigo Santos (PR), 34,5.

Marcas Sênior:
1.º) Marcos Ramos (PR), 59,5;
2.º) Luiz Ferreira/Beto Cazuni (PR), 56,5.
3.º) Giovanni Cilia (PR), 38.

Brasileiro de Marcas :
1.º) Pierre Sabbagh (SC), 55;
2.º) Eduardo Fontana (PR), 35;
3.º) Felipe Lobo (SC), 32.

Stock 5000 “A”:
1.º) Armin Kliewer (PR), 52,5;
2.º) Marco Antonio Garcia (PR), 49;
Maurício Reuter (SC), 37,5.

Stock 5000 “B”:
1.º) Marcos Chueda (PR), 60;
2.º) Richard Heidrich (SC), 46;
3.º) Marco Aurélio Garcia (PR), 33.

A oitava e última etapa está marcada para os dias 26, 27, e 28 de novembro, no Autódromo Internacional de Curitiba.

0 comente:

Postar um comentário

Comentários com fins publicitários devem ser enviados para o nosso e-mail de contato.

Google+ Followers