terça-feira, 15 de novembro de 2011

Fórmula Truck em Curitiba: Os bastidores e curiosidades da categoria

Uma coisa que chama muito a atenção na Formula Truck são os cuidados com os brutos. Todos são limpos e bonitos, com peças cromadas, polidas. Captamos alguns desses momentos que fazem essa categoria ser mágica como é. Logicamente isso acontece nas outras tantas categorias que acompanhamos de perto, mas a truck está um nível acima, é de encher os olhos.

Nosso reconhecimento aos mecânicos, que trabalham quatro dias contra o tempo para deixarem as máquinas prontas para o show! Sentem o caminhão na pista, vibram e esbravejam nos boxes, sem eles o show seria impossível, Parabéns!

Mecânico Finalizando o cabeçote de um Volvo.
Mecânicos se divertem nos apertos finais do Truck.
O Calibrador está sempre presente, pressão de pneu é um fator decisivo na pista.
Discos ventilados com ranhuras de limpeza. Muita potencia de frenagem para 4t.
Caminhões aguardando o segundo treino de Sexta-feira.
Achou que vinha de fábrica assim? E isso é feito várias vezes.
O ronronar dessas máquinas em marcha lenta enquanto passam pelos boxes é marcante.
Um motor de exposição num Caminhão de corrida. Aí , com catalizador desligado.
Freios Traseiros Ventilados, repare também nas pás de refrigeração.
Pneus de Rua lixados até o fim dos sulcos.
E o motor do seu carro, como está?
Ao contrário do que se imagina, a cabine é extremamente apertada e em uma área critica, justa à porta.
Os Pneus ficam com esses pequenos riscos que somem em poucas voltas, ficando 100% Slick.
Pedro Mufatto tirando uma soneca se concentrando para treino, como diria Galvão Bueno.
Eles tem obsessão por limpeza!
Aqui, trocavam a mangueira do radiador.
Dutos de ventilação forçada. Repare no feixe de molas ainda presente (com pouquissima carga), e o amortecedor/mola especial.
Reparos finais no Caminhão de Giaffone...
...e acabamento, claro!
Volkswagem #2 de Valmir Benavides, o Hisgué.
Ford, Iveco, Mercedes-Benz, Scania, Volkswagen e Volvo, disputando metro a metro.
O circuito, caso alguém esqueça onde está.
Montagem dos pneus no domingo.
Domingo, ajustes finais após o Warm UP.
Já no Grid, o sistema de escape com dois catalisadores.
Ou um enorme Catalisador desse Iveco.
Estes pneus já fizeram o Warm Up e Agora vão para a pista.

Confira a cobertura completa da etapa de Curitiba:
Tudo sobre a Fórmula Truck em Curitiba

0 comente:

Postar um comentário

Comentários com fins publicitários devem ser enviados para o nosso e-mail de contato.

Google+ Followers