domingo, 11 de dezembro de 2011

Como a temperatura do pneu influencia no desempenho do carro

Você sabia que a temperatura ideal dos pneus de um Stock Car varia entre 80°C e 100°C na banda de rodagem?
Medindo a pressão do pneu da Stock Car
Na Stock Car, principal categoria do automobilismo brasileiro, atingir o quanto antes a temperatura ideal dos pneus e mantê-la assim durante toda a prova é um dos fatores determinantes para que o veículo obtenha bom desempenho na pista. Por este motivo, a Goodyear, fornecedora oficial dos pneus da Stock Car, investe constantemente no desenvolvimento dos compostos utilizados nas corridas.
Pneu de chuva e o slick, para pista seca.

Vinicius Sá, coordenador de Eventos Esportivos da Goodyear, explica que a temperatura ideal do pneu de Stock Car varia de 80°C a 100°C ao longo da banda de rodagem. "É importante manter a temperatura homogênea na banda de rodagem, pois isso influencia diretamente na aderência com o asfalto", comenta ao explicar que o aquecimento dos pneus ocorre de forma natural, a partir do atrito com o asfalto.

Assim, uma das técnicas utilizadas pelos pilotos para aquecer os pneus é andar em ‘zigue-zague’ na volta de apresentação, para que estejam o mais próximo possível da temperatura ideal no momento da largada. "Se por acaso ocorre uma quebra de ritmo na corrida, como uma bandeira amarela no circuito, muitos deles repetem esta manobra de andar em ‘zigue-zague’ na volta anterior à relargada", diz Sá.
Calibragem é feita com ar seco, na Stock Car.

O especialista da Goodyear explica ainda que, para ajudar no desempenho, os pneus são calibrados com ar seco. "A umidade interfere na calibragem dos pneus e, consequentemente, na temperatura, o que reflete na aderência. A partir daí, as equipes regulam para que, de acordo com o acerto, o pneu chegue com a pressão e temperatura adequadas para a melhor performance na corrida".

Nas ruas
Tal como ocorre nas pistas, os pneus dos veículos de passeio também aquecem ao serem utilizados. Porém, além de buscar a melhor aderência, são responsáveis pelo conforto. Por isso, o especialista recomenda que a calibragem seja feita sempre com os pneus frios. "Se estiverem quentes, o valor medido será sempre maior do que quando estão frios, e os valores de referência têm como base os pneus frios", ensina Vinícius Sá.

0 comente:

Postar um comentário

Comentários com fins publicitários devem ser enviados para o nosso e-mail de contato.

Google+ Followers