terça-feira, 12 de junho de 2012

TOP SERIES em Curitiba: Ferrari 458 de Daniel Serra e Chico Longo vencem na geral

Com uma ultrapassagem faltando apenas cinco voltas para o fim, a dupla Daniel Serra e Chico Longo, a bordo da Ferrari 458 venceu a etapa da Top Series de Curitiba.

Ferrari 458 vencedora.
A corrida que marcou a estréia oficial da Top Series, competição de Endurance com duração de três horas, teve a pole e vitória da Ferrari 458 da dupla Daniel Serra e Chico Longo. Apesar de perder a posição de largada já no início da prova e passar a maior parte dela no máximo na segunda posição, a dupla aproveitou uma queda de rendimento da Lamborghini LP600+ da dupla Xandy e Xandinho Negrão, e quando faltavam apenas cinco voltas para a bandeirada final, ultrapassaram e assumiram a liderança.
Momento da ultrapassagem, que garantiu a vitória.
Participaram dos treinos 20 carros, porém largaram no grid apenas 16. Outros três largaram dos boxes e um dos Corvette não largou, com problemas no motor. A largada foi dada com safety car, pois chovia. Aliás, a chuva foi uma constante durante a prova, o que pode ser um dos motivos do público pequeno nas arquibancadas.
Safety ficou na pista durante a largada.
Durante o safety car, os carros que estavam na frente no grid foram para os boxes trocar pneus, para modelos de chuva. Neste momento, assumiu virtualmente a liderança da prova o Aldee da dupla A. Pardo/D.Pardo. Quando o safety, um belo R8 preto saiu da pista, o Aldee disparou na reta do AIC, com os carros da Top 1 na sua cola. Foi um dos pontos altos da prova, o clássico modelo de endurance fugindo dos carros bem mais rápidos. Obviamente o Aldee foi ultrapassado já no fim da reta, mas valeu o momento.
MRX MetalMoro e um Spyder Race
Os protótipos foram um show à parte, pois mesmo não rendendo como os três primeiros colocados - Ferrari 458, Lamborghini LP600+ e Corvette Z06R - os modelos chamam a atenção seja pelo desenho, seja pelo desempenho. Pena que nenhum deles chegou entre os três primeiros.
Predador, da dupla Bana venceu na Top 2.
Uma dupla que se destacou, foram Jair Bana e Duda Bana, pilotos da casa, que largaram dos boxes e conquistaram a vitória da TOP2, com o protótipo predador, que sempre está em alguma das lojas da Bana Pneus em exposição e já é velho conhecido do público do autódromo.
Ferrari 458, seguido do protótipo MRX MetalMoro
Resultado da TOP SERIES em Curitiba:
1° - 19 - Ferrari 458 - C.Longo/D.Serra - Top 1 3:01:22.516
2° - 9 - Lamborghini LP600+ - X.Negrão/Xandinho - Top 1 a 25.011
3° - 13 - Corvette Z06R - P.Queirolo/R.Barbosa - Top 1 a 2 voltas
4° - 8 - MRX MetalMoro - E.Amorin/J.Kraucher - Top 1 a 6 voltas
5° - 85 - Predador - J.Bana/D.Bana - Top 2 a 8 voltas
6° - 31 - Ferrari Challenge - SantAnna/Pons/Zaninotto- Top 2 a 9 voltas
7° - 10 - Maserati - L.Vital/D.Mendes - Top 2 a 17 voltas
8° - 911 - Porsche 911 - H.Visconde/R.Landi - Top 2 a 17 voltas
9° - 71 - Spyder - Kolling/Garcia - Costa Jr - Top 2 a 17 voltas
10° - 66 - Spyder - R.Guerra/E.Furlanetto - Top 2 a 17 voltas
11° - 65 - MRX MetalMoro - N.Ribeiro/J.Ribeiro - Top 2 a 19 voltas
12° - 64 - BMW M3 - M.Visconde/M.Wilson - Top 1 a 22 voltas
13° - 40 - Aldee - A.Pardo/D.Pardo - Top 2 a 22 voltas
14° - 5 - Dimep - D.Pimenta/R.Pimenta - Top 1 a 41 voltas
15° - 15 - MC Tubarão - T.Andrade/B.Justo - Top 1 a 56 voltas
16° - 28 - Ferrari 430 - M.Ramos/J.Cordova - Top 2 a 75 voltas
17° - 37 - Scorpion - S.Turvey/T.Riberi - Top 2 a 83 voltas
18° - 44 - Ferrari 430 - Lozasso/Marques/Karan - Top 2 a 99 voltas
19° - 70 - BMW Série 1 - J.Andrade/T.Andrade - Top 2 a 112 voltas
Arquibancadas vazias, durante toda a prova.
Grid pequeno, punição removida e transmissão de TV menor do que o esperado, marcam a etapa.
Bom, nem tudo foi perfeito na prova que marcou oficialmente a abertura do campeonato brasileiro de endurance. A organização buscou o maior número de carros no grid, porém chegaram à Curitiba apenas 20 modelos, sendo que na largada apenas 16 compuseram o grid. Para uma prova de endurance, é pouco.
Ferrari 430 e Predador.
Outro ponto que desagradou o público, que não foi ao Autódromo em boa parte devido à chuva e também a insistência em cobrar ingresso em uma prova ainda sem tradição, foi a transmissão de TV menor do que a esperada. A prova foi transmitida apenas no começo, por menos de uma hora, com vários intervalos comerciais. Aí, com mais de duas horas de prova pela frente, a única forma de acompanhar a prova era pela cronometragem oficial e pela twitcam, promovida pelo narrador Otávio Muniz e pelo comentarista Tiago Mendonça. Uma pena. Várias categorias já transmitem a prova pela internet, com boa audiência.
Scorpion e Maserati.
E para fechar, no meio da prova foi anunciada uma bandeira preta, sinalizando a desclassificação da dupla Xandy e Xandinho Negrão, alegando problemas no procedimento de pit stop. Porém a dupla permaneceu na pista, até que a punição fosse removida. A alegação foi que a punição foi precipitada, mas soou estranho. Se a dupla tivesse acatado a punição e abandonado a prova? Como ficaria o prejuízo do abandono? E os demais pilotos, terão o mesmo tratamento? Em sinal de protesto, a Stuttgart Sportcar/Dener Motorsport, que competia com o Porsche nº 911 da dupla Marcel Visconde e Max Wilson abandonou a prova da Top Series quando estavam chegando à terceira posição. São detalhes, mas importantes para o bom desenvolvimento da categoria, que retorna às pistas no dia 22 de julho, em Interlagos.
MRX MetalMoro, Aldee, M3 e outro MRX.
Porsche 911
MRX, Maserati e Spyder.
Ferrari 430
Predador
Corvette Z06R
Lamborghini LP600+
Predador e MRX.

0 comente:

Postar um comentário

Comentários com fins publicitários devem ser enviados para o nosso e-mail de contato.

Google+ Followers