segunda-feira, 30 de julho de 2012

WTCC Curitiba: Yvan Muller venceu a primeira prova, completando uma trinca de Cruze no pódium

Na primeira prova do WTCC em Curitiba, Yvan Muller vence e sobe ao pódium ao lado de outros dois pilotos Chevrolet.

A trinca de Chevrolet Cruze que dominou a corrida.
A equipe oficial da Chevrolet sobrou na primeira prova e o modelo Cruze levou as três primeiras posições. O francês Yvan Muller, bicampeão e atual líder, ganhou a primeira bateria, depois de largar na pole e liderar de ponta a ponta. Alain Menu chegou em segundo e Rob Huff foi o terceiro.
As BMW já não dominam a categoria.
Os Cruze vem dominando o campeonato e venceram quase todas as provas já disputadas no ano. O time, que perde o apoio oficial da Chevrolet no fim do ano, vem desempenhando um verdadeiro massacre na concorrência, com vitórias e domínio em treinos.
Disputas do começo ao fim da prova.
A vitória de Muller em Curitiba é a 6ª na temporada e a 28ª na categoria e o mantém na liderança do campeonato mundial de carros de turismo - WTCC.
Tom Boardman e Mehdi Bennani
A prova foi tranquila em relação à acidentes. O único que resultou em abandono foi a batida entre Tiago Monteiro e Alberto Cerqui. Monteiro abandonou no miolo e Cerqui conseguiu trazer o carro aos boxes, proporcionando mais tempo para a equipe arrumar a suspensão traseira direita, danificada com o toque. Outro que perdeu importantes posições, foi Franz Engstler, que rodou na curva do pinheirinho.


Resultado Final - Corrida 1:
1º - Yvan Muller (França), Chevrolet Cruze, 15 voltas em 22min05s549
2º - Alain Menu (Suíça), Chevrolet Cruze, a 0s398
3º - Rob Huff (Inglaterra), Chevrolet Cruze, a 0s933
4º - Gabriele Tarquini (Itália), SEAT León, a 2s767
5º - Michel Nykjaer (Dinamarca), Chevrolet Cruze, a 5s656
6º - Alan Macdowall (Inglaterra), Chevrolet Cruze, a 6s639
7º - Darryl O'Young (Hong Kong), SEAT León, a 13s850
8º - Tom Coronel (Holanda), BMW 320, a 15s552
9º - Norbert Michelisz (Hungria), BMW 320, a 15s721
10º - Pepe Oriola (Espanha), SEAT León, a 16s613
11º - Fernando Monje (Espanha), SEAT León, a 19s896
12º - Aleksei Dudukalo (Rússia), SEAT León, a 20s552
13º - Mehdi Bennani (Marrocos), BMW 320, a 29s405
14º - Charles Ng (Hong Kong), BMW 320, a 31s621
15º - Stefano D'Aste (Itália), BMW 320, a 31s675
16º - James Nash (Inglaterra), Ford Focus, a 35s093
17º - Tom Chilton (Inglaterra), Ford Focus, a 35s411
18º - Franz Engstler (Alemanha), BMW 320, a 38s976
19º - Tom Boardman (Inglaterra), BMW 320, a duas voltas
A. Cerqui (BMW) e Tiago Monteiro (Seat) bateram e abandonaram.
Não completaram:
Alberto Cerqui (Itália), BMW 320, a 6 voltas
Tiago Monteiro (Portugal), SEAT León, a 14 voltas

Michel Nykjær
Gabriele Tarquini
Alex Macdowall
Pepe Oriola
Alain Menu
Tom Coronel
James Nash
Michel Nykjær
Fernando Monje
Quatro BMW
Confusão com as BMW no miolo, com a rodada de Franz Engstler.
Pepe Oriola
Aleksei Dudukalo
Tom Chilton
Norbert Michelisz

0 comente:

Postar um comentário

Comentários com fins publicitários devem ser enviados para o nosso e-mail de contato.

Google+ Followers