sábado, 6 de outubro de 2012

F-Truck em Curitiba: Testes particulares agitaram o Autódromo nesta semana

Ao todo, estiveram no Autódromo de Curitiba oito pilotos, com caminhões de quatro marcas, preparando-se para a próxima etapa e também testando novidades.

Valmir Benavides com o Iveco número 2.
O início desta semana foi marcada por uma série de testes particulares dos pilotos que participam do Campeonato Brasileiro de Fórmula Truck. Oito deles foram à pista na segunda (1º) e na terça-feira (2) no Autódromo de Curitiba em busca de desenvolvimento e configurações eficientes para seus caminhões visando as três últimas etapas da temporada – a próxima, no dia 14 de outubro, será disputada na cidade gaúcha de Guaporé.
Felipe Giaffone completou poucas voltas na terça-feira.
Beto Monteiro e Valmir Benavides, pilotos da Scuderia Iveco, Leandro Totti e Luiz Lopes, da ABF Racing Team, Diumar Bueno, da DB Motorsport, Luiz Pucci, da ABF/Volvo, André Marques e Felipe Giaffone, parceiros na RM Competições, foram os integrantes dos testes, que levaram à pista paranaense caminhões das marcas Volvo, Iveco, Mercedes-Benz e MAN-Volkswagen. Eles manifestam um balanço positivo do trabalho preparatório.
Luiz Lopes e Leandro Totti revezaram a pilotagem do Mercedes-Benz.
“Testes como esses são bastante úteis. No nosso caso, conseguimos antecipar experiências com algumas novidades que a gente só conseguiria testar na última etapa, em Brasília ou no ano que vem”, explicou Monteiro, vice-líder do campeonato. Ele tem 105 pontos, 24 a menos que Totti, que no teste em Curitiba revezou a pilotagem do Mercedes-Benz com Lopes. “Aproveitamos para fazer testes de desenvolvimento da turbina”, contou.
A DB Motorsport testou novos ajustes para o caminhão Volvo de Diumar Bueno
Giaffone, terceiro na tabela com 99 pontos, tirou menos proveito do dia de trabalho em Curitiba que o planejado. “A gente acabou dando poucas voltas, apareceram alguns probleminhas que comprometeram o trabalho. Mas esse é o lado positivo, conseguimos antecipar num teste fora de um fim de semana de corrida uns probleminhas normais”, considerou. “Se não tivéssemos ido para Curitiba, isso aconteceria nos treinos da etapa de Guaporé”.
Caminhões da Scuderia Iveco nos boxes durante os testes em Curitiba.
Dois pilotos que utilizam caminhões Volvo também foram à pista. Para o argentino Luiz Pucci, o teste durou apenas um dia. “Tive um pequeno acidente na segunda-feira. Ainda assim saí de Curitiba contente pelo comparativo dos tempos, porque fui dois segundos mais rápido no tempo de volta que na última vez que andei lá. Estou bem melhor adaptado ao caminhão. Esperem para ver o argentino voador na próxima corrida”, acrescentou, bem-humorado.
André Marques também testou seu MAN-Volkswagen na terça-feira.
O outro Volvo submetido aos testes particulares em Curitiba foi o da DB Motorsport, do paranaense Diumar Bueno. A Fórmula Truck terá seus pilotos na pista novamente no feriado de 12 de outubro, dia dos primeiros treinos livres para o GP Crystal, que será disputado no dia 14 no Autódromo Nelson Luiz Barro, em Guaporé (RS). As etapas seguintes acontecerão em Curitiba (PR), em 11 de novembro, e Brasília (DF), em 9 de dezembro.

Fotos: Heuler Andrey.

0 comente:

Postar um comentário

Comentários com fins publicitários devem ser enviados para o nosso e-mail de contato.

Google+ Followers