terça-feira, 23 de outubro de 2012

Stock Car em Curitiba: Átila Abreu vence de ponta a ponta

Allam Khodair ficou em segundo e Daniel Serra em terceiro. Cacá Bueno foi o quinto e ampliou vantagem na liderança da Copa Caixa, que terá a próxima corrida dia 11 de novembro em Brasília.

Átila Abreu.
Átila Abreu ganhou, de ponta a ponta, a décima etapa da Copa Caixa Stock Car disputada no último domingo, 21/10 no Autódromo de Curitiba. Ele teve tranquilidade para depois de largar na pole position, se manter na frente durante as 29 voltas - conquistar a quarta vitória da carreira - cruzando a linha de chegada com mais de dois segundos de vantagem para Allam Khodair.
Largada.
O líder do campeonato, Cacá Bueno, chegou em quinto e ampliou a vantagem na tabela de pontos. Agora, são 12 pontos (147 a 135) a mais em relação a Daniel Serra, seu companheiro na Red Bull Racing. Átila assumiu o terceiro posto com 134 e Maurício é o quarto com 129. Faltam duas provas para o encerramento da temporada: dia 11 de novembro em Brasília e dia 9 de dezembro em Interlagos, na Corrida do Milhão Goodyear, que terá pontuação em dobro.
Khodair ficou em segundo.
Cacá Bueno é o líder.
Rubens Barrichello, grande atração do fim de semana, teve uma estreia um pouco conturbada e terminou em 22º lugar. Além do toque que recebeu na largada, que entortou a direção, e do pneu furado, ele enfrentou outra dificuldade, ficou sem rádio de comunicação. Mas tudo foi encarado como parte do natural aprendizado e adaptação à principal categoria do automobilismo nacional. Por ser a primeira experiência com os ariscos Stock, se saiu muito bem, já que fez várias ultrapassagens e mesmo com as dificuldades, completou a prova. Uma curiosidade foi a de que Rubens ficou com o volante desencaixado na mão após os toques na largada. Ele teve que achar logo o local de fixação para não perder tempo e muito menos o controle do carro.
Rubens Barrichello
Rubens passou boa parte da semana na cidade e sentiu a rara manifestação de tietagem do público curitibano em vários momentos. O piloto foi muito requisitado e foi o assunto da corrida, atraindo todos os olhares para a Equipe Medley/Full Time. Foi um saldo positivo a estréia, que aconteceu sem que se envolvesse em acidentes.
Ricardo Zonta parou na contra mão.
A prova, como de costume, vitimou alguns pilotos na largada. Ricardo Maurício, Thiago Camilo, Ricardo Zonta e Popó Bueno ficaram logo na primeira curva. O acidente acabou como o lance mais marcante da prova, que teve ainda o incêndio no carro de Lico Kaesemodel.
Lico esquentou a prova.
Disputa no pelotão intermediário.
Átila sofrendo pressão de Khodair.
Em alguns momentos, a liderança foi ameaçada.
Mas no fim, Átila manteve a liderança e venceu.
Com pouco mais de meia prova, Allan Khodair encostou em Átila e ameaçou a liderança, mas aos poucos o vencedor foi abrindo e recebeu a bandeira quadriculada.
Átila "flutuando" no pódium.
Resultado da 10ª etapa da Copa Caixa Stock Car:
1º - Átila Abreu, 41min28s509, média de 155,02 km/h
2º - Allam Khodair, a 2s663
3º - Daniel Serra, a 4s006
4º - Valdeno Brito, a 5s988
5º - Cacá Bueno, a 10s828
6º - Nonô Figueiredo, a 11s980
7º - Antonio Pizzonia, a 15s821
8º - Julio Campos, a 16s644
9º - Vitor Meira, a 17s267
10º - Galid Osman, a 23s222
11º - Giuliano Losacco, a 23s622
12º - Ricardo Sperafico, a 25s530 
13º - Max Wilson, a 25s847
14º - Denis Navarro, a 27s230
15º - Diego Nunes, a 27s411
16º - Luciano Burti, a 28s458
17º - David Muffato, a 29s724
18º - Eduardo Leite, a 34s941
19º - Xandinho Negrão, a 37s923
20º - Tuka Rocha, a 38s655
21º - Claudio Capparelli, a 44s816
22º - Rubens Barrichello, a 1 volta
23º - Rodrigo Sperafico, a 3 voltas
24º - Patrick Gonçalves, a 7 voltas
25º - Pedro Boesel, a 9 voltas
26º - Lico Kaesemodel, a 25 voltas
27º - Duda Pamplona, a 25 voltas
28º - Fábio Carbone, a 28 voltas
29º - Thiago Camilo
30º - Ricardo Maurício
31º - Ricardo Zonta
32º - Popó Bueno
A comemoração.
Os dez primeiros no campeonato de pilotos:
1º - Cacá Bueno, 147 pontos
2º - Daniel Serra, 135
3º - Átila Abreu, 134
4º - Ricardo Maurício, 129
5º - Valdeno Brito, 126
6º - Max Wilson, 116
7º - Thiago Camilo, 113
8º - Allam Khodair, 112
9º - Nonô Figueiredo, 112
10º - Julio Campos, 100.

0 comente:

Postar um comentário

Comentários com fins publicitários devem ser enviados para o nosso e-mail de contato.

Google+ Followers