sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

21ª edição do Festival Força Livre de Arrancada lotou o Autódromo Internacional de Curitiba

De 11 a 14 de dezembro, o Autódromo Internacional de Curitiba recebeu a 21ª edição do Festival Força Livre de Arrancada.

21º Festival Brasileiro de Arrancada. Foto: Divulgação.
Os números da maior prova de Arrancada da América Latina impressionaram! Foram nada menos que 360 pilotos, que aceleraram suas máquinas para um público superior a 30 mil pessoas. Durante os quatro dias de competição, o evento reuniu equipes e até mesmo espectadores vindos de outras regiões brasileiras.
21º Festival Brasileiro de Arrancada. Foto: Divulgação.
Oito categorias tiveram seus recordes quebrados. Na Street Tração Traseira, o curitibano Geordan Giovani Chemin percorreu os 402 metros em 11s164 com a Caravan da equipe Segantini. Já na Dianteira Turbo C, o recorde foi para Londrina (PR), nas mãos de Rogério Bernardi, da equipe Teruo Motorsport, com 11s107. Novo recorde também na Dianteira Turbo B, que com 80 participantes, foi a categoria mais disputada do evento. Rafael Furtado, também da Teruo Motorsport, registrou 10s440 nos 402 metros. Na Dianteira Turbo A, Leandro Castilhos, de Barreira (BA), fez o tempo de 9s312 a bordo do Gol turbo da equipe paulista MotorFort. Na Turbo Street Traseira, o curitibano Hermes Selzelin, piloto e preparador da equipe Street Race, andou forte com o Fusca “Herbie” e registrou 10s235. Já na Dianteira Super, o paulista Luiz Bonacorso acelerou o Gol aspirado da equipe Autotec e fez o ótimo tempo de 9s773. Recorde também na Traseira Super, com o paranaense Marcio Julio, da equipe Julieta/Los Hermanos. Marcio acelerou a Caravan aspirada ao final dos 402 metros em 8s049s. E por fim, o recorde também foi batido na categoria Dragster Light, com o paulista Eder Cardoso, da equipe Grid, com 6s719 a nada menos que 330 km/h.
21º Festival Brasileiro de Arrancada. Foto: Divulgação.
O público presente acompanhou a briga de gigantes na categoria Dragster Top, que reúne os carros mais fortes e rápidos do Brasil! Juntos, os quatro Dragsters participantes somam 14 mil cavalos de potência, o equivalente ao grid da Stock Car com 25 carros, ou então 235 veículos com motor 1.0. Com tamanha potência, o barulho desses monstros sobre 4 rodas é ensurdecedor. O grande vencedor foi o piloto baiano Avelino Queiroz, da equipe paranaense Power Tech. Avelino percorreu os 402 metros em incríveis 6s326s, com velocidade final de 352 km/h. A segunda colocação foi para o paulista Clovis dos Reis, que registrou o tempo de 6s996 em sua primeira participação nesta categoria.
21º Festival Brasileiro de Arrancada. Foto: Divulgação.
Além dos pegas na pista, o público pode acompanhar várias atrações. A galeria Nitro Alley reuniu diversos lojistas e prestadores de serviço do setor de alta performance. No Força Livre Bar, aconteceram diversos shows com bandas. Ao final do evento, as 30 mil pessoas que compareceram ao Autódromo vibraram com o show de manobras radicais e também o show de demolição de carros, onde diversos carros se enfrentaram com batidas até que apenas um continuasse andando!
21º Festival Brasileiro de Arrancada. Foto: Divulgação.
O 21º Festival Força Livre de Arrancada contou com patrocínio da Compagás, Fueltech, Jameff, Master Power, Militec1 e apoio da Petrobrás, Radio Mundo Livre e RPC.
21º Festival Brasileiro de Arrancada. Foto: Divulgação.
Campeões de cada categoria:
- Desafio 13.5s: Flavio Assman – 13s500
- Standard - Clovis Waechter – 12s207
- Street Tração Traseira – Geordan Giovani Chemin – 11s164
- Dianteira Original – Eduardo Andretta – 10s796
- Traseira Original – Raul Antonio Correa – 10s804
- Dianteira Turbo C – Rogerio Cardoso Bernardi – 11s407
- Dianteira Turbo B – Alexandre Vasconcelos – 10s465
- Dianteira Turbo A – Carlos Laurindo de Castilhos – 9s334
- Turbo Street Traseira – Hermes Selzelin Batista – 10s235
- Turbo Traseira – Celso Camargo – 8s414
- Dianteira Super – Luiz Bonacorso da Rocha – 9s773
- Traseira Super – Marcio Julio – 8s049
- Força Livre Dianteira – Edvaldo Posses de Macedo – 8s620
- Força Livre Traseira – Anderson Maltezo – 8s758
- Extreme 10.5 – Cristiano Julio – 7s922
- Pro Mod – Roderjan Busato – 6s985
- Dragster Light – Eder Cardoso Alves – 6s719
- Dragster Top – Avelino Queiroz - 6s326
21º Festival Brasileiro de Arrancada. Foto: Divulgação.

0 comente:

Postar um comentário

Comentários com fins publicitários devem ser enviados para o nosso e-mail de contato.

Google+ Followers