segunda-feira, 27 de novembro de 2017

Nota de Esclarecimento do Autódromo de Curitiba sobre o cancelamento do Festival de Arrancada

A Administração do Autódromo Internacional de Curitiba, em virtude do comunicado da Força Livre, divulgou uma Nota de Esclarecimento, afim de pontuar os fatos ocorridos para culminar no cancelamento do Festival Força Livre de Arrancada.

Nota de Esclarecimento do AIC.

Confira a nota na íntegra:

NOTA DE ESCLARECIMENTO

O Autódromo Internacional de Curitiba (AIC) vem por meio desta esclarecer algumas inverdades que estão circulando nas redes sociais, em relação ao 24º Festival Força Livre de Arrancada.

Primeiramente esclarecemos que o AIC somente faz a locação dos seus espaços.

O AIC não tem nenhum envolvimento e/ou participação na realização, promoção, organização e muito menos no faturamento dos eventos.

O AIC é um espaço privado, que não recebe nenhum tipo de incentivo de terceiros e depende apenas da locação diária dos seus espaços, sendo totalmente inviável ceder diárias gratuitamente.

- Em 01/11/2017 houve a mudança da Diretoria do AIC;

- Não houve nenhum tipo de aumento nos valores das locações dos espaços do AIC;

- Foi feita uma auditoria em todos os contratos existentes e foram legalmente rescindidos os contratos irregulares e/ou inadimplentes.

Sobre o 24º Festival Força Livre de Arrancada:

O contrato rescindido entre o AIC e a Força Livre (Associação Desportiva Automóvel Clube de Arrancada) foi firmado apenas em outubro de 2017;

Não houve o pagamento na data acordada em contrato (ato da assinatura);

Haviam sido contratados 7 dias, porém a utilização posteriormente informada pela Força Livre à nova Diretoria do AIC, é de que seriam utilizados 15 dias, sem acréscimo no valor total;

As cláusulas contratuais, dias contratados, obrigações, valor da locação, e etc. para os 7 dias contratados estavam totalmente em desacordo com os protocolos padrões do AIC, privilegiando diretamente os promotores e/ou organizadores do evento, o que causaria imensos prejuízos ao AIC;

Entendemos perfeitamente o sentimento dos participantes, apoiadores, público e todos os envolvidos;

Não compartilhamos as atitudes da Força Livre, que mesmo sabendo da rescisão do contrato e tendo em mãos a proposta seguindo os protocolos corretos, postou nota confirmado o acontecimento do evento;

Para conhecimento, o valor do contrato rescindido era de R$ 68.000,00, valor este que representa apenas 30% do valor tabelado pelo AIC, referente aos 15 dias que seriam utilizados pela Força Livre;

Os valores que o AIC cobra na locação dos seus espaços são totalmente coerentes e estão abaixo da média nacional, se levado em consideração a infraestrutura que oferecemos.

A fim de evitar distorções, seguem os valores de locação cobrados pelo AIC:

Complexo Pista (Pista, Pit Lane, 30 Boxes, 20 Camarotes, Torre, Parque Fechado, Banheiros, Vestiários e Pátio Pós Passarela): R$ 16.000,00/dia de interesse.

Complexo Arquibancada (comporta 40.000 pessoas) e Pátio anexo (comporta 1.000 veículos): R$ 10.000,00/dia de interesse.

Pátio Curva da Vitória (comporta 800 veículos): R$ 6.000,00/dia de interesse.

O AUTÓDROMO INTERNACIONAL DE CURITIBA PREZA PELA TRANSPARÊNCIA, SERIEDADE E IGUALDADE PERANTE A TODOS OS LOCATÁRIOS, INDEPENDENTE DO PORTE DO EVENTO/ATIVIDADE.

ESTAMOS À DISPOSIÇÃO PARA QUALQUER ESCLARECIMENTO

E-MAIL: RESERVAS@AUTODROMOCURITIBA.COM.BR

Manuel de Oms Neto
Diretor Geral
Centro de Excelência em Automobilismo
AIC | RACELAND

1 comente:

  1. Esses caras da FORÇA LIVRE são uns malas...https://oliveraluminiun.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Comentários com fins publicitários devem ser enviados para o nosso e-mail de contato.

Google+ Followers