quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

Rali de aventura Mitsubishi Outdoor completa 15 anos com muito 4x4 e esportes radicais

Calendário prévio foi divulgado nesta quinta. Etapas do Paraná e Santa Catarina ainda não estão confirmadas.
Esportes de aventura fazem parte da competição. Foto: Cadu Rolim / Mitsubishi.
Pioneira e exclusiva, a prova de rali de aventura que une o off-road com atividades e esportes, sempre com muita diversão em família e passando por belas paisagens teve o calendário prévio divulgado. A inscrição é gratuita para quem tem um Mitsubishi 4x4

O Mitsubishi Outdoor mistura a emoção do 4x4, com a adrenalina dos esportes de aventura e os desafios das atividades culturais. Não é necessário nenhuma experiência, nem carros preparados para participar. É só se inscrever e se divertir.

Veja como é a prova:


Confira a retrospectiva dos ralis Mitsubishi em 2017:

“O Mitsubishi Outdoor é a oportunidade de viver um dia incrivelmente divertido. A cada etapa, exploramos diferentes caminhos e propomos as mais diversas provas e cada equipe pode fazer aquelas que mais têm afinidade. Não precisa ser fera em esportes para participar, apenas ter vontade de fazer algo diferente do dia a dia”, explica Fernando Julianelli, diretor de marketing da Mitsubishi Motors.

Esta é uma temporada especial para a competição, que completa 15 anos. Cada equipe é formada por dois carros 4x4 e pode ter até 10 integrantes, aumentando a diversão. Logo no início do dia, todos recebem a lista de tarefas e um mapa da região com os pontos onde são as prova. Aí vale a estratégia para traçar o melhor caminho possível e fazer a maior quantidade de atividades. Vence a equipe que somar mais pontos.
Cada equipe recebe um mapa da região. Foto: Tom Papp / Mitsubishi.
Em 2017, por exemplo, os participantes fizeram rapel em cachoeira, trilhas de bike, trekking em leito de rio, tirolesa e mergulho em um lago com águas cristalinas. Mas há também atividades culturais típicas de cada região, como o passeio pela vinícola Castel (SC), com direito a caminhar em meio à plantação até achar a bandeira da prova, ou a cancha de bocha que desafiou a pontaria das equipes, além de tarefas em que o objetivo era que achar objetos com a ajuda de binóculos e lunetas.

A prova divide-se em duas categorias: Extreme, para os mais experientes, e Fun, para quem está começando ou nunca participou. Podem participar os proprietários dos veículos 4x4 das linhas L200, Pajero, Outlander e ASX. E não se preocupe caso não tenha uma equipe com dois carros: a organização se encarrega de formar um time para você.

A primeira etapa deste ano será na cidade de Mogi Guaçu, interior de São Paulo, no dia 24 de março. As inscrições serão abertas pelo site www.mitsubishimotors.com.br no dia 12 de março, às 8h da manhã.
Mitsubishi Outdoor completa 15 anos. Foto: Tom Papp / Mitsubishi
Mitsubishi Pró-Brasil - Ação Social
Para participar do Mitsubishi Outdoor, não há taxa de inscrição. Cada carro faz a doação de uma cesta básica e seis produtos de higiene, que são destinados a entidades assistenciais dos municípios por onde a prova passa. Só em 2017, foram arrecadadas mais de 65 toneladas de alimentos que beneficiaram milhares de famílias.

Calendário 2018* – Mitsubishi Outdoor
1ª etapa - 24 de março – Autódromo Velo Città – Mogi Guaçu (SP)
2ª etapa - 21 de abril – a definir
3ª etapa - 16 de junho – Goiânia (GO)
4ª etapa - 01 de setembro – Campos do Jordão (SP)
5ª etapa - 06 de outubro – a definir
6ª etapa - 24 de novembro – Autódromo Velo Città – Mogi Guaçu (SP)
* Locais e datas sujeitos a alterações.

quinta-feira, 8 de fevereiro de 2018

Campeonato Brasileiro de Endurance disputará duas etapas em Curitiba

Endurance define calendário da temporada 2018, que terá a abertura no Autódromo de Tarumã, dia 17 de março.
Campeonato Brasileiro de Endurance terá duas etapas em Curitiba.
O Campeonato Brasileiro de Endurance 2018 definiu seu calendário, com sete etapas válidas pelo certame nacional e quatro pelo campeonato Gaúcho. A abertura da temporada acontece no dia 17 de março, no Autódromo Internacional de Tarumã, em Viamão, no Rio Grande do Sul. 

Curitiba sediará duas etapas: a já tradicional prova 500km de Curitiba e outra, em 27 de outubro.

Calendário do Brasileiro de Endurance 2018:
1ª etapa (Brasileiro e Gaúcho) - 17 de março - Três Horas de Tarumã - Tarumã (RS)
2ª etapa (Brasileiro) - 28 de abril - 500 Km de Curitiba - Curitiba (PR)
3ª etapa (Brasileiro) - 30 de junho – Interlagos (SP)
4ª etapa (Brasileiro e Gaúcho) - 01 de setembro –Velopark (RS)
5ª etapa (Brasileiro e Gaúcho) - 29 de setembro – Santa Cruz do Sul (RS)
6ª etapa (Brasileiro) - 27 de outubro – Curitiba (PR)
7ª etapa (Brasileiro e Gaúcho) – 17 de novembro – Tarumã (RS)

quarta-feira, 31 de janeiro de 2018

Calendário do Paranaense de Marcas 2018 contará com seis etapas

Abertura da temporada será em Curitiba, junto com o Metropolitano de Marcas, dia 29 de abril.
Campeonato Paranaense de Marcas terá seis etapas.
O Campeonato Paranaense de Marcas também já tem o calendário definido. Serão seis etapas, disputadas nos Autódromos de Curitiba, Londrina e Cascavel.

Assim como o campeonato de Curitiba, as datas foram definidas evitando as eleições, Copa do Mundo e datas comemorativas. A abertura do campeonato será em Curitiba, junto com o Metropolitano e o encerramento está marcado para Cascavel.

Calendário do Paranaense de Marcas 2018:
29/04 - Curitiba
20/05 - Londrina
10/06 - Cascavel
26/08 - Londrina
23/09 - Curitiba
04/11 - Cascavel

terça-feira, 30 de janeiro de 2018

Mercedes Benz Challenge corre com a Copa Truck em 2018

Categoria muda da Stock Car para fazer parte da programação da Copa Truck.
Mercedes-Benz Challenge dividirá a programação com a Copa Truck em 2018.
O Mercedes Benz Challenge entra em sua 8ª temporada com novidades. A categoria que já fez parte da programação da GT3 e depois da Stock Car, agora divide as pistas com a Copa Truck.

A categoria estará presente em quase todas as etapas da Copa Truck, exceto a da Argentina. Com isto, serão oito etapas na temporada, ficando com Curitiba a prova de encerramento da temporada.

Confiram o calendário do Mercedes-Benz Challenge 2018:
25/03 – Cascavel
15/04 – Guaporé
27/05 – Curvelo
A definir – São Paulo
29/07 – Campo Grande
26/08 – Goiânia
07/10 – Rivera (Uruguai)
09/12 – Curitiba

segunda-feira, 29 de janeiro de 2018

Quais são os obstáculos que dificultam a popularização dos carros elétricos no Brasil?

Entre os desafios que o mundo enfrenta no século XXI, talvez o principal deles seja sobre como criar soluções ecológicas e sustentáveis para diminuir a emissão de gases poluentes no planeta. E um dos vilões para este problema é o petróleo. O combustível fóssil que há anos é o principal meio utilizado em veículos tem encontrado concorrentes mais limpos como o etanol e, mais recentemente, a eletricidade.
Carros elétricos.
Carros elétricos têm se tornado uma realidade cada vez mais comum e acessível em diversos países. Mas e no Brasil? Por que é tão difícil vender carro elétrico em um dos 10 maiores fabricantes de automóveis do mundo?

O mercado de carros elétricos no mundo
Antes de respondermos a esta pergunta vamos entender como isso acontece lá fora. Em países mais desenvolvidos é comum você sair na rua e já dar de cara com um carro que funciona na tomada. A Noruega é conhecida por ser uma grande aliada na busca pela diminuição de emissão de poluentes.

Em 2017, 52% dos carros vendidos foram elétricos ou híbridos, aqueles que funcionam por eletricidade ou outros combustíveis. E não são apenas os carros. Ela pretende, em até 2040, garantir que todos os voos domésticos sejam feitos apenas por aviões movidos da mesma forma.

Outros países também têm dado bons exemplos. A China, que enfrenta sérios problemas de contaminação do ar e tem a maior frota de veículos do mundo, quer que em até 2019 10% de todos os carros produzidos no país sejam elétricos ou híbridos. Estados Unidos, Japão e outros locais da Europa têm seguido o mesmo caminho.

E por que é tão difícil vender carros elétricos no Brasil?
Por aqui esse mercado ainda está em primeira marcha. Segundo o DENATRAN, até junho de 2017, dos mais de 90 milhões de veículos que circulam todos os dias emitindo gases poluentes, apenas 11,638 não são movidos por combustão. Isso representa apenas 0,012% da frota nacional.

E a resposta para entender por quê é difícil comprar um carro desses é simples: o preço. O valor médio de um carro elétrico no Brasil é de R$120 mil. Há 2 principais motivos para isso. A bateria, que corresponde a 50% do valor do veículo e os impostos.

Enquanto em outros países os governos têm trabalhado em políticas públicas de isenção tributária e incentivos ao consumidor, aqui as altas taxas cobradas ainda inviabilizam a popularização desse mercado.

Em 2015, o governo brasileiro isentou os impostos de importação para esses modelos, mas cobra 25% de IPI. Para se ter uma ideia, em um carro popular movido a gasolina, o IPI é de 7%. A ABVE, Associação Brasileira de Veículos Elétricos, vem tentando mudar esse cenário e busca junto ao governo medidas que ajudem a diminuir as taxas cobradas, mas com o país ainda se recuperando de uma crise econômica, é difícil imaginar um alívio fiscal.

Há também outros entraves como a falta de estrutura para o abastecimento, ou melhor, a recarga desses carros. Há poucos locais disponíveis para quem possui esse tipo de veículo, e a maioria está nas grandes cidades.

Em São Paulo, o então prefeito Fernando Haddad concedeu um desconto de 50% no valor do IPVA e a isenção no rodízio para quem optasse por carros elétricos. Iniciativas semelhantes foram feitas em Fortaleza e Belo Horizonte.

Muitas montadoras já anunciaram que possuem diretrizes para diminuir a fabricação de carros movidos a combustão. A Volvo, por exemplo, já anunciou que, a partir de 2020, apenas carros elétricos serão produzidos.

Naturalmente, em poucos anos a globalização fará com que o Brasil também tenha que se adequar a essa nova realidade. Além de contribuir para o meio-ambiente, a substituição gradual da frota por carros elétricos também se mostrará um alívio para o bolso do consumidor. 

Enquanto em alguns postos é possível encontrar a gasolina a R$5 o litro, o Model S da montadora norte-americana Tesla oferece uma autonomia de até 400 km e leva cerca de 8h para carregar completamente.

Old Truck Race: Nova categoria trará caminhões clássicos para as pistas do Paraná

O Paraná terá novidades nas pistas em 2018: A Old Truck Race.
Caminhões de antigas temporadas da Fórmula Truck estarão no grid.
Com seis etapas previstas, estréia neste ano a Old Truck, categoria que reunirá caminhões clássicos de competição, em provas pelo estado. Serão 2 etapas em Curitiba, 2 etapas em Londrina e 2 etapas em Cascavel.

A categoria estréia com a expectativa de reunir 25 pilotos e caminhões das marcas FNM, Fiat, Mercedes-Benz, Volkswagen, Volvo, Iveco e Scania.

A primeira prova será disputada em Curitiba, no dia 4 de março.

Calendário da Old Truck Race:
04/03 - Curitiba
08/04 - Cascavel
20/05 - Londrina
05/08 - Cascavel
26/08 - Londrina
21/10 - Curitiba

sexta-feira, 26 de janeiro de 2018

Metropolitano de Marcas de Curitiba terá seis etapas em 2018

A primeira prova acontece em 4 de março, no AIC.
Metropolitano de Marcas terá seis etapas em 2018.
O Campeonato Metropolitano de Marcas de Curitiba já tem o calendário definido. Com seis etapas, a FPrA priorizou datas que não coincidem com eleições, Copa do Mundo e datas comemorativas, como Dias das Mães e dos Pais.

Confiram o Calendário do Metropolitano de Curitiba 2018:
04 de março
29 de abril
24 de junho
29 de julho
23 de setembro
21 de outubro

*Datas sujeitas a alterações conforme agenda do autódromo

quinta-feira, 25 de janeiro de 2018

Curitiba abre a temporada 2018 do Porsche Cup

Em ano de estreia de um carro novo, categoria repete a fórmula com três etapas de Endurance e seis de Sprint, etapa internacional e a tradicional preliminar do GP Brasil de F1.
Porsche Cup abre a temporada 2018 em Curitiba.
A Porsche Cup divulgou o calendário da temporada 2018, com a abertura do campeonato marcada para os dias 23 e 24 de março, em Curitiba.

O formato da temporada segue o modelo bem-sucedido dos últimos dois anos, com seis etapas de Sprint (com rodadas duplas de 25 minutos mais uma volta) e três de Endurance (com provas de três a cinco horas e os pilotos acelerando em duplas ou trios).

Também está mantida a etapa na charmosa e desafiadora pista argentina de Termas de Río Hondo, mais uma vez conferindo status internacional à principal categoria de Gran Turismo do continente.

Outra tradição que segue intacta para este ano é a preliminar do GP Brasil de F1 em Interlagos, encerrando o campeonato de Sprint. A Porsche Cup faz o evento suporte da F1 no Brasil desde 2005 ininterruptamente.

Mas não faltam novidades para 2018, começando pelo principal protagonista da categoria: o Porsche. Neste ano estreia a nova versão do 911 GT3 Cup, a chamada geração “991-II”, que sai de fábrica com motor 4.0 e tem freios com sistema ABS.

O Junior Program, lançado ontem, vai premiar pilotos de 16 a 24 anos de idade com expressivos subsídios para a temporada 2018. A temporada também vai marcar uma mudança no regulamento desportivo da categoria, como decorrência da chegada dos novos carros – as novas regras, bem como o sistema de pontos, serão anunciados em fevereiro.

Confira o calendário de 2018:
23 e 24/03 – Curitiba – Sprint
13 e 14/04 – Interlagos – Sprint
11 e 12/05 – Goiânia – Sprint
09 e 10/06 – Termas de Río Hondo – Sprint
27 e 28/07 – Interlagos – Endurance
14 e 15/09 – Velo Città – Sprint
12 e 13/10 – Goiânia – Endurance
09 a 11/11 – Interlagos (F1) – Sprint
23 e 24/11 – Interlagos – Endurance

quarta-feira, 24 de janeiro de 2018

Produtos e acessórios da grife da Mitsubishi Motors agora podem ser adquiridos online

Com o Mit Shop, produtos da marca dos três diamantes como camisetas, jaquetas, tênis e até bicicletas estão ao alcance de um clique.
MIT Shop é a nova plataforma de vendas on-line da Mit 4Fun. Foto: Marcos Hermes / Mitsubishi.
Curtir a viagem não importando se ela é feita no asfalto ou na terra. Esse conceito, presente em todos os veículos da Mitsubishi Motors, também faz parte da grife Mit 4Fun, disponível no novo MIT Shop. O site torna a compra de produtos ainda mais fácil e prática, com entrega em todo o Brasil. Os produtos também estão disponíveis nas concessionárias da marca.

Confira a linha completa: www.mitshop.com.br
Boné da linha de produtos Mit 4Fun. Foto: Marcos Hermes / Mitsubishi.
“Temos sempre novos produtos a cada coleção, com estampas personalizadas com o universo off-road e o Mundo Mitsubishi. Os apaixonados pelo estilo de vida outdoor irão encontrar produtos de excelente qualidade e destinados para toda a família”, garante Fernando Julianelli, diretor de marketing da Mitsubishi Motors.

Há uma grande variedade de produtos disponíveis, como camisetas, jaquetas, tênis, bermudas, bikes, chinelos, óculos e uma série de outros acessórios exclusivos.
Jaquetas também fazer parte do portfólio da Mit 4Fun. Foto: Divulgação/Mitsubishi
Os clientes também encontrarão coleções personalizadas dos ralis Mitsubishi Motorsports, Mitsubishi Outdoor, Mitsubishi Cup, além de peças da Nação 4x4. A navegação no site é fácil, intuitiva e prática, permitindo uma compra ágil e segura.

Brasileiro de Rally de Velocidade terá 5 etapas na temporada 2018

Campeonato inicia no Rio Grande do Sul e encerra com o Rally da Graciosa, em novembro.
Brasileiro de Rally terá cinco etapas.
A Temporada 2018 do Campeonato Brasileiro de Rally já tem o calendário definido. Com apenas cinco etapas, a primeira prova está agendada para os dias 7 e 8 de abril, na cidade de Estação-RS.

Após, o Campeonato segue para Erechim, na tradicional prova válida pelo Sul Americano. A terceira etapa está marcada para São Manuel (SP), depois São Bento (SC) e finalmente em novembro, o Rally da Graciosa, encerrando grandiosamente a temporada.

Confiram o Calendário do Brasileiro de Rally 2018:
07 e 08/04 - Rally de Estação (RS)
24 a 27/05 - Rally de Erechim (RS)
14 e 15/07 - Rally de São Manuel (SP)
15 e 16/09 - Rally de São Bento (SC)
17 e 18/11 - Rally da Graciosa (PR)*

* Possível alteração para 10 e 11/11

Google+ Followers