terça-feira, 10 de março de 2020

Curitiba abre a temporada 2020 do Rally Mitsubishi Motorsports

ATENÇÃO
Conforme recomendado pela OMS de evitar a realização de eventos que tenham uma grande aglomeração de pessoas, a 1ª etapa do Mitsubishi Motorsports em Curitiba está suspensa por tempo indeterminado.

Etapa acontece no próximo dia 21 de março.
Mitsubishi Motorsports. Foto: Ricardo Leizer/Mitsubishi
O maior rali monomarca da América Latina abre a temporada 2020 em Curitiba. A categoria que completa 26 anos promete muita emoção aos competidores no próximo dia 21 de março.

O Mitsubishi Motorsports é um dos quatro rallys da Mitsubishi e é aberto a proprietários de utilitários da marca com tração 4x4. A etapa de Curitiba é a primeira de 20 eventos que acontecem ao longo do ano.

A prova não exige que os participantes tenham experiência para participar. São quatro categorias, uma para cada nível de experiência na competição. Para participar, é preciso inscrever a dupla - piloto e navegador - e ter um Mitsubishi com tração 4x4 das linhas ASX, Eclipse Cross, L200, Outlander e Pajero.

As duplas percorrem um trajeto pré-definido pela organização, com velocidade e tempo definido pela organização. Vence quem mais se aproximar da velocidade e tempo definida, perdendo menos pontos. As inscrições são gratuitas e cada veículo doa uma cesta básica e seis produtos de higiene pessoal destinados a instituições assistenciais da cada região que recebe os ralis.

A Etapa de Curitiba
Para Curitiba a organização da prova está preparando um trajeto novo, para a região norte da cidade. A prova larga do Jockey Clube e segue em direção a Campina Grande do Sul, Bocaiúva do Sul e retorna à Curitiba, para a festa de premiação.

Para os estreantes, a emoção está garantida. Já para os veteranos, para sempre manter o desafio, a dificuldade será elevada, para criar desafios cada vez maiores. A expectativa é que a prova tenha 150km de extensão.

Gostou, quer se inscrever? Corre que elas já estão abertas, no site www.mundomit.com.br/ralis/ 

Ainda está em dúvida como funciona o Rally? Assista e entenda o que é o Mitsubishi Motorsports:

segunda-feira, 30 de dezembro de 2019

Os campeões de 2019 e o balanço do ano

Em um ano com poucas corridas, nos restou pouco a comemorar neste fim de 2019.

O ano de 2019 foi complicado para os fãs de automobilismo em Curitiba. Tivemos apenas três categorias nacionais correndo na região. Duas no Autódromo - Endurance Brasil e Porsche Cup - e uma na região de Campina Grande do Sul - O Rally da Graciosa.

Com isto, nossa lista dos campeões nacionais de 2019 está pequena. Confiram:

Porsche GT3 Cup
Carrera Cup 4.0 - Marçal Muller
GT3 Cup 4.0 -  Rodrigo Mello
Carrera Cup 3.8 - Enzo Elias
GT3 Cup 3.8 - Fran Lara
Endurance Brasil
Categoria P1: Nilson Ribeiro e Beto Ribeiro - AJR 65
Categoria P2 - Mauro Kern e Paulo Sousa - MRX #32.
GT3 - Xandy e Xandinho Negrão - Mercedes AMG 09.
GT3 Light - Sérgio e Guilherme Ribas - 63
P3 - Carlos e Yuri Antunes - 72
P4 - Ricardo Haag e Mario Marcondes - MRX 34.
GT4 Light - Junior Victorete e Marcelo Karam.
GT4 - Renan Guerra (Ginetta #55)
Brasileiro de Rally
RC2 - Juliano e Rafael Sartori
RC4 - Luiz Stedile e KZ Morales.
RC5 - Luiz Loepper e Bruno Baptista.
Encerramos 2019 e deixamos 2020 em aberto. Não vamos acabar com o projeto que já completa 14 anos, mas vamos tirar o pé, trazendo a vocês matérias esporádicas, sempre com o conteúdo que vocês já estão acostumados!

Feliz 2020!

sexta-feira, 27 de dezembro de 2019

Endurance Brasil encerrou a temporada 2019 em Curitiba, com definição dos campeões em 6h de disputa

O Brasileiro de Endurance encerrou mais uma temporada em alto nível, com as 6h de Curitiba.
Prova teve Chico Longo/Daniel Serra como vencedores.
Curitiba abriu e fechou a temporada 2019 do Império Endurance Brasil. A prova que definiu os últimos campeões teve 6h de muita disputa, com a definição do campeonato geral só no fim da prova. Com certeza, das poucas provas que tivemos este ano na cidade, foi a melhor de todas.
Disputas foram intensas ao longo das 6h.
Durante a prova, o clima mudou diversas vezes, fazendo com que a cada momento, uma equipe estivesse com o campeonato na mão, que no fim terminou com o AJR 65, da dupla Nilson Ribeiro/Jose Ribeiro, que mesmo terminando a prova no oitavo lugar, garantiu o título geral da categoria.

A prova teve como vencedores a dupla Chico Longo/Daniel Serra, correndo com a Ferrarri 488.

Confiram o resultado final:
1º - 19 - Chico Longo/Daniel Serra - 6:00:51.227
2º - 8 - Guilherme Figueiroa/Julio Campos
3º - 55 - Marcel Visconde/Ricardo Mauricio
4º - 9vXandy, Xandinho e André Negrão
5º - 63 - S.Ribas/G.Ribas/A.Hellmeister
6º - 155 - R.Mendes/Tom Filho/J.Gonçalves
7º - 12 - Jindra Kraucher/Aldo Piedade Jr
8º - 65 - Nilson Ribeiro/Jose Ribeiro
9º - 72 - Carlos Antunes/Yuri Antunes
10º - 34 - Mario Marcondes/Ricardo Haag
11º - 11 - Emilio Padron/M.Vianna/V.Genz
12º - 99 - A.Caleffi/M.Lemke/J.Martini/R.Lemke
13º - 555 - Renato Braga/Renan Guerra
14º - 14 - Victorette/Karam/Santanna/Antoniazzi
15º - 22 - L.Ferrari/F.Abrunhoza/A.Auler
16º - 75 - H.Assunção/E.Padron/F.Fortes
17º - 175 - H.Assunção/L.Floss/F.Fortes/J.Mauro
18º - 46 - Robbie Perez/Jose Cordova
19º - 5 - T.De Andrade/J.Martini/P.Sousa
20º - 113 - Pedro Queirolo/David Muffato
21º - 80 - Alexandre Finardi/Ney Faustini
22º - 35 - Jair Bana/Duda Bana
23º - 131 - R.Bonora/C.Brockweld/I.Taques
24º - 7 - Aldoir Sette/Jansen Bueno/Luca Milani
25º - 64 - H.Visconde/F.Steyer/B.Bonifacio
26º - 20 - W.Ebrahim/F.Ebrahim/P.Aguiar
27º - 37 - Stuart Turvey/Renato Turelli

Melhor Volta: Nilson Ribeiro/Jose Ribeiro-P1-1 (65), 1:13.255 (média de: 181.6 Km/h) na 111 ª volta.
19 - Chico Longo/Daniel Serra.
8 - Guilherme Figueiroa/Julio Campos.
55 - Marcel Visconde/Ricardo Mauricio.
9 - Xandy, Xandinho e André Negrão.
63 - S.Ribas/G.Ribas/A.Hellmeister.
155 - R.Mendes/Tom Filho/J.Gonçalves.
12 - Jindra Kraucher/Aldo Piedade Jr.
65 - Nilson Ribeiro/Jose Ribeiro.
72 - Carlos Antunes/Yuri Antunes.
34 - Mario Marcondes/Ricardo Haag.
11 - Emilio Padron/M.Vianna/V.Genz.
99 - A.Caleffi/M.Lemke/J.Marti.ni/R.Lemke
555 - Renato Braga/Renan Guerra.
14 - Victorette/Karam/Santanna/Antoniazzi.
22 - L.Ferrari/F.Abrunhoza/A.Auler.
75 - H.Assunção/E.Padron/F.Fortes.
175 - H.Assunção/L.Floss/F.Fortes/J.Mauro.
46 - Robbie Perez/Jose Cordova.
5 - T.De Andrade/J.Martini/P.Sousa.
113 - Pedro Queirolo/David Muffato.
80 - Alexandre Finardi/Ney Faustini.
35 - Jair Bana/Duda Bana.
131 - R.Bonora/C.Brockweld/I.Taques.
7 - Aldoir Sette/Jansen Bueno/Lu.ca Milani
64 - H.Visconde/F.Steyer/B.Bonifacio.
20 - W.Ebrahim/F.Ebrahim/P.Aguiar.
37 - Stuart Turvey/Renato Turel.li

quinta-feira, 26 de dezembro de 2019

As fotos do Rally da Graciosa 2019 + fotos do Acidente da dupla Fabiano Botelho/Bruna Giaretta

Aconteceu no último dia 3 de novembro mais um Rally da Graciosa. A prova marcou o encerramento da temporada 2019 do Rally de Velocidade.
49 - Marco Malucelli/Vinicius Anzilieiro - Mitsubishi Lancer EVO X
O Campeonato Brasileiro de Rally de Velocidade 2019 encerrou a temporada mais uma vez com a prova da Graciosa. Desta vez sem subir a serra da Graciosa, a prova se concentrou no trecho conhecido como "Dom Pedro", em Quatro Barras.
21 - Tino Viana/Thiago Osternack - Peugeot 207
Para a conquista do campeonato na RC2 os irmãos Juliano e Rafael Sartori precisavam apenas completar a prova e chegaram no segundo lugar. Na RC4 o título foi para o gaúcho Luiz Stedile, que compete com o navegador paulista, KZ Morales. Na RC5, título inédito para a dupla Luiz Loepper e Bruno Baptista.
42 - Luiz Loepper/Bruno Baptista - Peugeot 206
A prova teve como resultado final a vitória na RC2 de Marcos Malucelli/Vinicius Anziliero (Mitsubishi Lancer – 1h14min12), Tino Viana/Thiago Osternack (Peugeot 207 – 1h20min12) na RC4 e na RC5 Luiz Gustavo Loepper/Bruno Baptista (Peugeot 206 – 1h17min12).

Para 2020 o campeonato já tem as datas definidas. Confiram:
14/03 – Rally de Pomerode – Pomerode / SC
18/04 – Rally de Estação – Estação / RS
30/05 – Erechim Rally Brasil – Erechim / RS
18/07 – Rally de Inhauma – Inhaúma / MG
19/09 – Rally Rio Negrinho – Rio Negrinho / SC
07/11 – Rally da Graciosa – Quatro Barras / PR

Confiram as fotos dos competidores da etapa:
O carro 00 foi o belo Peugeot 205.
9 - Juliano Sartori/Rafael Sartori - Polo Maxxi
12 - Tiago Reijers/Rodrigo Konig - XRC
20 - Maurício Neves/Leandro Ferrarini - Peugeot 207
21 - Tino Viana/Thiago Osternack - Peugeot 207
22 - Roberto Reijers/Fausto Dallape - Peugeot 208 Maxi
23 - Luiz Stedile/KZ Morales - Peugeot 207
27 - Rafael Pombo/Eduardo Pombo - Peugeot 206
30 - Luiz Poli/Damon Alencar - Peugeot 206
38 - Evandro Carboneira/Juliano Gracioli - Fiat Palio
42 - Luiz Loepper/Bruno Baptista - Peugeot 206
49 - Marco Malucelli/Vinicius Anzilieiro - Mitsubishi Lancer EVO X
52 - Fabiano Botelho/Bruna Giaretta - Peugeot 207
64 - Emerson Cavassin/Gilson Rocha - Peugeot 207
67 - Caio Cartaxo/Juca Classe - Peugeot 206
71 - Alexandre Horn/Gilson Yoshimura - Mitsubishi Lancer EVO X
777 - Perci Hultman/Juliano Zerbinato - Peugeot 207
Bônus: O acidente da dupla Fabiano Botelho/Bruna Giaretta
Acidente da dupla Fabiano Botelho/Bruna Giaretta.
Acidente da dupla Fabiano Botelho/Bruna Giaretta.
Acidente da dupla Fabiano Botelho/Bruna Giaretta.
Acidente da dupla Fabiano Botelho/Bruna Giaretta.
Acidente da dupla Fabiano Botelho/Bruna Giaretta.
Acidente da dupla Fabiano Botelho/Bruna Giaretta.