quinta-feira, 12 de maio de 2016

URGENTE: Fechamento do Autódromo de Curitiba é prorrogado para dezembro de 2016!

Direção do Autódromo informa que o fechamento se dará ao fim do segundo semestre.

Fechamento do AIC prorrogado.
Em nota publicada no site oficial, o Autódromo Internacional de Curitiba informa que o funcionamento acontecerá normalmente até dezembro deste ano. A informação que todos os envolvidos vinham trabalhando era a de que o fechamento aconteceria ao fim deste primeiro semestre, sendo o último evento do Autódromo o Track Day do dia 2 de julho. Com isto, os fãs do esporte a motor da cidade ganham mais seis meses para aproveitar o espaço.
Nota Oficial.

6 comente:

  1. Piada, marketing pra valorizar o espaço, chamar o público para os eventos que podem ser os últimos ou último, tática. Se querem construir algo, tem muita área ainda pra esse feito. Criem vergonha e parem de forçar a barra. Se for pra acabar com o Autódromo então assim o façam por vez, sejam homens e não meros oportunistas estragando o tesão de quem realmente é apaixonado pelo ronco dos motores.

    ResponderExcluir
  2. Apertado todo mundo está, mas a paixão não deixa largar, pensa nos gastos para construir um novo Autódromo. Ai sim, seria totalmente inviável, organizadores tem que buscarem soluções pra a crise, não deixar virar lenda.

    ResponderExcluir
  3. Não se trata só de diminuição de lucros devido a crise, pelo que eu sei (ouvi de um funcionário do AIC), o grupo que comanda o AIC, é dono de uma empresa que constrói partes ou peças de navios, e fizeram um investimento gigantesco para construção de peças para navios petroleiros (Petrobrás) provavelmente devido ao pré-sal, e visto a grande M que aconteceu com a estatal e toda essa corrupção, fazendo desvalorizar as ações da mesma, fez com que o Gov Federal deixasse de honrar seus compromissos afundando o Grupo dono do AIC em dívidas, e aí o jeito é vender o AIC, levantar um bom $ e pagar as dívidas para manter a empresa (que da + lucro que o AIC) funcionando! Se é vdd, aí não sei.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode ser, Governo tanto Geral quanto do Estado perderam as estribeiras.

      Excluir
  4. Não se trata só de diminuição de lucros devido a crise, pelo que eu sei (ouvi de um funcionário do AIC), o grupo que comanda o AIC, é dono de uma empresa que constrói partes ou peças de navios, e fizeram um investimento gigantesco para construção de peças para navios petroleiros (Petrobrás) provavelmente devido ao pré-sal, e visto a grande M que aconteceu com a estatal e toda essa corrupção, fazendo desvalorizar as ações da mesma, fez com que o Gov Federal deixasse de honrar seus compromissos afundando o Grupo dono do AIC em dívidas, e aí o jeito é vender o AIC, levantar um bom $ e pagar as dívidas para manter a empresa (que da + lucro que o AIC) funcionando! Se é vdd, aí não sei.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. comentário repetido. idem ao superior.

      Excluir

Comentários com fins publicitários devem ser enviados para o nosso e-mail de contato.

Google+ Followers