sexta-feira, 20 de maio de 2011

Itaipava GT em Curitiba: Comissão GT divulga configurações para equilíbrio de desempenho na GTBR3

Usada para equalizar e nivelar o desempenho dos carros, as alterações já serão usadas na corrida de Curitiba.

Corvette Z06R
Em uma categoria "multimarcas" com carros reais, adaptados para as pistas, a diferença de desempenho é inevitável. Os carros do Itaipava GT Brasil vem para a prova de Curitiba com alguns ajustes técnicos em relação às duas etapas inciais do campeonato.

A comissão GT, formada por técnicos e pilotos, com base nos dados analisados nas duas primeiras etapas, divulgou algumas restrições aos novos Lamborghini Gallardo LP600, Ferrari F458 e Corvette Z06R - e permitiu avanços para os carros mais antigos, caso do Ford GT e dos modelos Ferrari F430 e Dodge Viper Competition Coupe.

O que muda nos carros para a etapa de Curitiba:

Lamborghini Gallardo LP600
Novidade no grid, a LP600
 Peso mínimo passa a ser de 1.235 kg (estava em 1.215 kg)

Lamborghini Gallardo LP560
LP560
 Adoção de dois restritores de 55mm (usava restritores de 53mm)
Peso mínimo passa a ser de 1.205 kg (estava em 1.215 kg)

Ferrari F458
F458
Adoção de dois restritores de 55.5mm
Altura dianteira mínima passa a ser de 99mm (estava em 93mm)
Peso mínimo passa a ser de 1.300 kg (estava em 1.285 kg)
Splitter dianteiro: fixação 80mm em relação a referência do para-choque

Ferrari F430
F430
Adoção de dois restritores de 67mm (usava restritores de 65mm)

Ford GT
 Altura dianteira mínima passa a ser de 65mm (estava em 70mm)

Corvette Z06R
Novidade do grid
Altura dianteira mínima passa a ser de 80 mm
Altura traseira mínima passa a ser de 105mm
Peso mínimo passa a ser de 1.300 kg (estava em 1.270 kg)

Dodge Viper Competition Coupe
Dodge Viper
 Autorizado assoalho inferior

Porsche 996
911 voltou a categoria neste ano
 Peso mínimo passa a ser de 1.200 kg

0 comente:

Postar um comentário

Comentários com fins publicitários devem ser enviados para o nosso e-mail de contato.

Google+ Followers