segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

Aumento do IPI em 2015 provoca correria as Concessionárias

Lojas abrirão as portas em Curitiba em dois domingos do mês para atender a procura crescente por carros novos.

Movimento nas concessionárias é grande neste fim de ano.
Para quem deseja comprar um carro zero, o momento é mais do que propício para esta conquista. A partir de 2015, com o aumento do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) já confirmado pelo governo 
federal, os carros novos ficarão até 13% mais caros, retomando a alíquota original do tributo. Um atrativo e tanto para a aquisição de um automóvel 0km.

De acordo com o gerente de carros novos da Copava, concessionária autorizada da Volkswagen no Paraná, Fernando Camargo, o reajuste nos preços dos veículos deve acelerar os planos de troca de carro de muita gente e alavancar as vendas de automóveis em dezembro.

“Esperamos que o volume nas vendas de carros zero possa crescer substancialmente em relação aos meses anteriores, fazendo com que dezembro seja o melhor mês de 2014 para o setor. Acreditamos que a
proximidade do fim do desconto no IPI vai encorajar o consumidor a fechar o negócio”, afirma.

A medida, que previa a redução do percentual do imposto e perdurou por dois anos, foi revogada em novembro pelo governo federal.

No próximo mês, a concessionária abrirá as portas em dois domingos, nos dias 14 e 21, e participará ainda de um feirão multimarcas, tudo para movimentar as vendas e atrair os clientes que buscam um carro novo.
“Estamos proporcionando essa última oportunidade para quem busca adquirir um novo e com valor reduzido”, ressalta Fernando.

Impacto na Compra de um carro novo em 2015
De acordo com o novo reajuste, um carro popular que custa R$ 30 mil, a partir de 1º de janeiro, estará disponível por R$ 32,1 mil, tendo em vista o aumento de 7% no IPI dos carros desta categoria. Já para os
demais, a alíquota subirá de 9% para 11% no caso dos carros flex, e de 9% para 13% para os modelos movidos a gasolina. 

0 comente:

Postar um comentário

Comentários com fins publicitários devem ser enviados para o nosso e-mail de contato.

Google+ Followers